Pesquisa personalizada

O objetivo principal deste blog é chamar a sua atenção para as palavras ditas por Jesus em Mateus capítulos 24 e 25, quando respondeu à pergunta feita por seus discípulos: "... Dize-nos, quando serão estas coisas, e que sinal haverá da tua vinda e do fim do mundo? (Cf. Mateus 24:3b)


Pesquisa personalizada

Pesquisa personalizada

quinta-feira, 19 de julho de 2007

INRI CRISTO É UM FARSA

Nascido em 1948 na pequena colônia de alemães chamada de Indaial, Santa Catarina, Iuri Thais foi criado pelo casal Magdalena e Wilhelm Thais. O nome Iuri Thais, registrado pelos pais adotivos, é de origem alemã e seu sobrenome é uma variável de Theiss.Os pais adotivos ignoravam sua origem, lembrando apenas da senhora Bema, parteira que entregou o menino à família. Problemático, até aos sete anos, o sono de Iuri era interrompido constantemente por pesadelos e muita febre.Apesar da família de alemães abrigar Iuri sem medir esforços para sua criação, até mesmo cedendo seu sobrenome, eles nunca tiveram grandes posses. Tal situação motivou o menino a abandonar a escola aos 7 anos e ajudar a família que passava por problemas financeiros. Iuri ajudava sua mãe adotiva a lavar roupas para diferentes famílias, a fim de pagar o aluguel e prover o sustento.Seu pai, trabalhador de um extinto curtume, foi acometido de sérios problemas de saúde, o que ocasionou seu afastamento do emprego, passando a vender cartelas de loteria na praça de sua cidade. Por este motivo, as responsabilidades de manutenção da casa ficaram com Iuri e sua mãe. Sua história dos 7 aos 13 anos, resume-se em apenas ajudar sua mãe adotiva nos fazeres, deixando em definitivo os estudos.O "chamado"Iuri, segundo ele mesmo conta em obras de sua vida, sempre dizia ouvir vozes que nunca tinham sido identificadas desde sua infância. "Desde criança obedeço a uma voz, uma voz imperiosa que fala no interior de minha cabeça", descreve o próprio, no site oficial Inri Cristo. Aos treze anos Iuri, resolve obedecer ao chamado que ouvia desde infância e deixou sua casa, iniciando sua peregrinação, mas ainda sem se auto-intitular a reencarnação de Jesus.Antes de se tornar Inri Cristo, Iuri viveu uma vida de princípios duvidosos. Trabalhado como verdureiro, freqüentava ambientes não-recomendados, como bares, boates e casas de fornicação. Em entrevista à revista IstoÉ de abril de 1997, declarou: "Cometia o pecado da fornicação, não perdia a oportunidade de desfrutar das mulheres que me recebiam em suas alcovas." Também cultivava costumes de fumar e beber.O inicio do "ministério" de Iuri ocorreu em 1969 em uma viajem ao Chile. Depois, ele seguiu rumo à Europa. Foi quando ele mudou seu nome de Iuri para Inri, que em latim significa Iesus Nazarenus Rex Iudaeorum (Jesus de Nazareno, Rei dos Judeus).Ao passar pelo velho mundo, Inri enfrentou sérios problemas de identidade, sendo expulso de vários países. Sua regularização no Brasil e o reconhecimento da nacionalidade brasileira só ocorreram em 2000. Neste ano, ele retornou ao Brasil, depois de ser expulso da França portando um título precário válido por 24 horas, expedido pelo Consulado Geral do Brasil em Paris.Inri percorreu grande parte deste imenso mundo, mas sua nacionalidade brasileira não é escondida. Segundo ele mesmo, Deus escolheu o Brasil para ser sua nação por ser no novo mundo e se chamar Terra de Santa Cruz. "Há dois mil anos, quando caminhava em direção ao Calvário, Ele me mostrou o terrível destino reservado à humanidade e também a herança desta nova terra, grande, de natureza exuberante, onde existe fartura", descreve Inri.EscolaridadeSe Inri Cristo estivesse em idade escolar atualmente, entraria para o censo de evasão escolar e em algum projeto do governo Lula, pois além de sua família adotiva não ter condições financeiras favoráveis, ele abandonou a escola no terceiro ano da educação básica. Inri afirma ser teodidata (aprendizado segundo a inspiração divina), alegando que seus conhecimentos são instruções enviadas diretamente de Deus.Para comprovar a veracidade de suas palavras Inri faz menção a versos da Bíblia, como o do Evangelho de João capítulo 7, versos 14 a 16, quando diz: "A minha doutrina não é minha, mas daquele que me enviou." Em outras situações, Inri afirma que sua escolaridade vem de conhecer os corações dos homens e saber de seus anseios e dificuldades.Inri cursou a universidade da vida, passando pelas várias situações, desde ser totalmente pobre, quando faz referência a sua infância até a grandes escalões da sociedade, quando se refere a suas visitas a personalidades e lugares em que passou.Sem muita cultura e argumentos que se contradizem ou não-esclarecidos, Inri consegue atrair centenas de pessoas para suas crenças e ditos. Sua imagem se tornou conhecida apenas depois de ser divulgada na mídia, o que prova realmente que ele com os seus ditos não iria muito longe.Mais uma vez o poder da mídia se fez presente. O movimento de Inri já foi divulgado pelos principais programas de TV, como Programa Livre, Domingo Legal, Programa do Jô e revistas de informação, como a IstoÉ.

VÔO JJ 3054 É O MAIOR ACIDENTE AÉREO DO BRASIL


Sobe para 187 o número de corpos encontrados no acidente da TAM:

O avião da TAM com 186 pessoas a bordo não conseguiu pousar na pista do Aeroporto de Congonhas, na Zona Sul de São Paulo, arremeteu, atravessou a Avenida Washington Luís e bateu em um prédio de carga e descarga da companhia aérea.A aeronave, um Airbus A320, vôo JJ 3054, partiu de Porto Alegre, às 17h16 desta terça-feira (17/07/2007), e chegou a São Paulo às 18h45. Entre os nomes já confirmados de passageiros que estavam no vôo estão os do deputado Julio Redecker (PSDB-RS) e do advogado do Corinthians e ex-presidente do Internacional, Rogério Amoretty. Subiu para 183 o número de corpos encontrados pelos bombeiros no local onde ocorreu o acidente do vôo JJ 3054 da TAM, o maior da história da aviação brasileira, ao lado do Aeroporto de Congonhas, na Zona Sul de São Paulo. Somados às quatro vítimas que morreram após serem atendidas nem hospitais, cresce para 187.Após a retirada da gasolina dos tanques de combustível do posto vizinho ao prédio da TAM express, no início da tarde desta quinta-feira (19/07/2007), com os tanques cheios de água, foi possível avançar com os guindastes no local. Uma das máquinas, com uma espécie de alicate (tesoura hidráulica) na ponte retirou parte dos destroços de um dos pisos que desabou. Nesta frente de trabalho, um grupo de bombeiros avançou e conseguiu retirar mais corpos do local. Em comunicado divulgado às 9h desta quarta-feira (18/07/2007), a TAM elevou de 180 para 186 o número de ocupantes do vôo 3054 que, depois de supostamente derrapar ao pousar no aeroporto de Congonhas (zona sul de São Paulo), atravessou a avenida Washington Luís e atingiu o prédio da TAM Express e um posto de combustíveis, na noite de terça-feira (17/07/2007).


Confira a lista com os nomes dos 186 ocupantes do Airbus A-320, segundo a TAM:


1. Adelaide Moura2. Akio Iwasaki3. Alanis Andrade4. Alejandro Camozzi5. Alexandre Goes6. Aline Monteiro Castigo (funcionária)7. Alvaro Alexandre da Rocha Pinto Breguez (funcionário)8. Ana Carolina Cunha9. Anderson Cassel10. Andre Dona11. Andrea Seiczkowski12. Andrei Melo13. Angela Haensel14. Angelica Rojek (funcionária)15. Antonio Carlos Araujo de Souza16. Arnaldo Ramos Batista (funcionário)17. Arthur Queiroz18. Atilio Sassa Bilibio19. Bruna de Villi Chaccur20. Bruno Ferraz21. Bruno Nascimento22. Caio Augusto Bueno Dal Prata23. Caio Felipe Cunha24. Carla Fioratti25. Carlos Alberto Andriotti26. Carlos Rockemback27. Carlos Zanotto28. Carmen Luisa Victoria Fonseca29. Cassia Negretto (tripulação - comissária)30. Cassio Vieira Servulo da Cunha31. Catilene Oliveira32. Christine Souza33. Ciro Numada34. Claudemir Arriero35. Clove Mendonça Junior36. Daniela Bahdur (tripulação - comissária)37. Decio Tevola38. Demetrio Travessa39. Denilson Lopes Costa40. Deolinda Magaly Victor Fonseca41. Diogo Casagrande Salsedo42. Douglas Teixeira43. Edmundo Smith44. Eduardo Mancia45. Elcita Ramos46. Elenilze Ferraz47. Eliane Dornelles48. Elida Dembinski49. Emerson Freitag50. Enrico Shiohara51. Esio Freitas52. Evelyn Campos (funcionária)53. Fabiana Amaral54. Fabiane Ruzzante (funcionária)55. Fabiano Rosito Matos56. Fabio Balsells57. Fabio Marques58. Fabio Velloza59. Fabiola Ko Fratag (funcionária)60. Fatima Santiago61. Felipe Fratezi62. Fernando Antonio Laro Oliveira63. Fernando Marques64. Fernando Pessoa65. Fernando Tergolina (funcionário)66. Fernando Volpe Estato67. Gabriel Correia Pedrosa68. Gilmar Tenorio Rocha69. Gottfried Tagloehner70. Guilherme Moraes71. Guilherme Pereira72. Gustavo Martins73. Helen de Cassia Zerillo74. Heloiza Helena Lopes75. Henrique Stephanini Di Sacco (tripulação - comandante)76. Heurico Tomita77. Ines Maria Kleinowski78. Ivalino Bonato79. Ivanaldo Cunha80. Jamille Leao81. Janus Silva82. Jaqueline Dias83. Joao Brito84. Joao Caltabiano85. Joao Valmir86. Jose A. Flores Amaral87. Jose Carlos de Oliveira88. Jose Carlos Pierucetti89. José Lima Luz90. José Pinto91. Julia Camargo92. Julia Elizabete Gomes93. Julio Cesar Redecker94. Karen Melissa Ramos (funcionária)95. Katia Escobar96. Katiane Lima97. Kleyber Lima (tripulação - comandante)98. Larissa Ferraz99. Leila Maria Oliveira dos Santos100. Levi Leão101. Lina Barbosa Cassol102. Lisiane Schubert103. Lucas Palomino Mattedi104. Luciana Siqueira Lana Angelis105. Luis Schneider106. Luiz Baruffaldi107. Luiz Antonio Rodrigues da Luz108. Luiz Zacchini109. Madalena Silva (funcionária)110. Marcel Cassal Vicentim (funcionário)111. Marcelo Marthe112. Marcelo Palmieri113. Marcelo Pedreira114. Marcelo Stelzer115. Marcio Alexandre de Moraes116. Marcio Andrade117. Marco Antonio Silva (funcionário)118. Maria Aline da Silva (funcionária)119. Maria Elizabete Caballero120. Maria Isabel Gomes121. Mariana Pereira122. Mariana Sell123. Mario Gomes124. Marli Pedro Santos125. Marta Almeida126. Melissa Andrade127. Mery Vieira128. Michelle Leite (tripulação - comissária)129. Michelle Silveira Unterberger (funcionária)130. Mirelle M. F. Bettiol (funcionária)131. Mirtes Suda132. Nadia Moyses133. Nadja Soczeck134. Nelly Priebe135. Nelson Wiebbelling136. Patricia Hauschield (funcionária)137. Paula Masseran de Arruda Xavier138. Paulo Cassiano Feliza Oliveira139. Paulo Pavi140. Paulo Rogerio Amoretty Souza141. Paulo Silveira142. Pedro Abreu143. Pedro Augusto Caltabiano144. Peter Finzsch145. Priscila Bertoldi Silva146. Rafaela Bueno Dal Prata147. Raquel Warmiling148. Rebeca Haddad149. Remy Moller150. Renan Klug Ribeiro151. Renata Gonçalves (tripulação - comissária)152. Renato Ribeiro153. Renato Soares154. Ricardo Almeida155. Ricardo Kley Santos (funcionário)156. Ricardo Tazoe157. Richard Salles Canfield158. Roberto Gavioli159. Roberto Wilson Weiss Junior160. Rodrigo Benachio161. Rodrigo Prado162. Rodrigo Souza Moreale163. Rogerio Laurentis164. Rogerio Sato165. Rosangela Maria de Avil Severo166. Rospierre Vilhena167. Rubem Wiethaeuper168. Sandro Schubert169. Sergio Freitas170. Silvan Stumpf171. Silvania Regina de Avila Alves172. Silvano Almeida173. Silvia Grunewald174. Simone Wetrupp175. Sonia Machado176. Soraya Charara177. Sueli Fleck178. Suely Fonseca179. Thais Scott180. Valdemarina Souza181. Valdir Cordeiro de Moraes182. Vanda Ueda183. Vilma Klug184. Vinicius Costa Coelho (funcionário)185. Vitacir Paludo186. Zenilda Santos.

ACIDENTE COM AVIÃO EM SÃO PAULO

Chamas do acidente que aconteceu durante um pouso de um Airbus da TAM causando uma explosão no terminal da companhia no Aeroporto de Congonhas, na zona sul de São Paulo, na noite de terça-feira (18/07/2007).




Membros do Corpo de Bombeiros trabalham no local do acidente do vôo 3054 da TAM que colidiu com o terminal de carga da mesma companhia no Aeroporto de Congonhas, na zona sul de São Paulo.




Guindaste levanta pedaço do avião da TAM, dia 18 de julho de 2007. Além do trabalho de remoção de corpos no local do acidente com o vôo 3054 da TAM, que voava com 186 pessoas, os bombeiros conseguiram retirar todo o combustível do posto de gasolina atingido pelo avião. Foto: Paulo Whitaker.





Bombeiros (embaixo, à direita) resgatam o corpo de uma das vítimas do acidente com o Airbus da TAM, em São Paulo. Dois franceses estavam a bordo do Airbus A320 da companhia aérea brasileira TAM, que explodiu na terça-feira à noite próximo ao aeroporto de Congonhas, anunciou nesta quarta-feira o Ministério francês das Relações Exteriores. Foto:Maurício Lima/AFP

ACIDENTE NUCLEAR NO JAPÃO

Tóquio, 19 jul (EFE) - Um novo vazamento de material radioativo foi detectado hoje no filtro de um dos sete reatores da usina nuclear de Kashiwazaki, afetada pelo terremoto de segunda-feira, informou a Agência para a Segurança Industrial e Nuclear do Japão. A agência japonesa "Kyodo" informou o novo incidente, dias depois de água contaminada pela usina cair no Mar do Japão e de vários contêineres com resíduos nucleares se romperem, entre outros acidentes. A Agência de Segurança garantiu que não existe perigo de impacto sobre o meio ambiente. O órgão explicou que o material detectado é iodo radioativo, o mesmo que havia aparecido anteriormente no filtro do reator com outros elementos que emitem radiação. Na terça-feira a imprensa japonesa informou que durante o tremor 100 contêineres de resíduos nucleares de baixa intensidade radioativa sofreram danos e vários deles se abriram.
Pesquisa personalizada